Meu nome é Veronica, sou a astronauta encarregada da estratégia de conteúdo da Truora há alguns meses. Em condições normais, eu diria que alguns meses não é muito tempo. No entanto, na Truora, o tempo está progredindo em um ritmo que dificilmente pode ser medido pelos ponteiros de um relógio comum. De fato, eu não usaria palavras comuns para descrever tudo o que acontece na Truora. Deixando de lado a modéstia, se somos algo, é exatamente o oposto. 


O tempo na Truora parece ser tão curto quanto infinito. Se por um lado, as horas não parecem suficientes para dar vida a tantas idéias. Por outro, há tantas tarefas que realizamos no lapso de uma semana que qualquer um acreditaria que tomamos algum tipo de café especial. 


Sim, o tempo não pára por aqui. Nos últimos meses, também chegaram mais dois astruonautas em UX/UI, dois engenheiros, além de vários clientes importantes que também se juntaram a nós. Da mesma forma, foi o fechamento de nossa primeira edição da Growth Week, uma competição interna (incrível por sinal) para gerar idéias de crescimento e fortalecer nossos laços de trabalho em equipe - contaremos mais nas próximas semanas. Por fim, comemoramos com muita alegria, um marco há muito esperado: atingimos nossa meta de receita para 2019.


Tempo e energia parecem se multiplicar com a chegada de novos rostos e desafios. Há tempo para comemorar, se divertir, compartilhar e, mesmo que você não acredite ... para ensinar e ajudar. Pessoalmente, estou tocada pela atitude e motivação de toda a equipe. Isso me incentiva e me contagia. É um prazer trabalhar por horas quando se está cercado por tanto comprometimento.


Estou parecendo meio brega? Ufa, não imagina. Mas vale ser brega quando algo merece. E Truora, nossos co-fundadores e, especialmente, nossa cultura, merecem. Essa empresa seria outra sem nossos capitães de navios e sem os valores que foram intencionalmente estabelecidos ao construir nosso amado Truniverse.


Eu não ostentaria nossa cultura se não acreditasse que é uma de nossas grandes forças. Mas também me gabo porque sei que nossa cultura existe graças ao compromisso de nossos fundadores em exibir os valores de Truora.


 Este último é exatamente ao que eu quero dedicar esta publicação.


Quais são os nossos valores?


Existem quatro valores que foram cuidadosamente selecionados para definir nosso Truniverso. Cada um deles foi pensado para criar uma força imparável, um ambiente de trabalho onde nos sentíssemos  energizados, ouvidos, importantes e, acima de tudo, armados com recursos para ter sucesso.


Confiança

O primeiro é a confiança. Estamos convencidos de que podemos contar com todos os membros de nossa equipe o tempo todo para alcançar grandes resultados. Muito disso é transparência. Todos sabemos no que a porta ao lado está trabalhando, em outra área ou em outro país. A comunicação é clara e atinge todos os níveis da organização. Daniel, nosso CEO, nos convida para suas reuniões para aprender sobre tópicos que não conhecemos. Os novos negócios da empresa e até os avanços tecnológicos são compartilhados todas as quintas em nosso All Hands, uma reunião obrigatória para todos.


Se um cliente ganha ou perde, nós sabemos disso. E ambos os casos são usados ​​como uma oportunidade para aprendizado e aprimoramento. A comunicação entre nós é assim, mas também é externa. O estilo que usamos com nossos clientes é igualmente sincero. Acreditamos que as informações compartilhadas são um catalisador de ações.


Sentido de propriedade

Agimos como donos porque somos. Nós possuímos nosso tempo, trabalho e resultados. Mas também somos donos da empresa e é por isso que estamos 100% comprometidos em vê-la crescer.


O nosso compromisso é um compromisso carregado de humildade. Por sermos donos, não acreditamos que somos deuses ou melhores que os outros. Quando vestimos a camisa, é para suar, seja nos bons ou nos maus momentos.


Comunicação Direta (Straight Talk)

Nossa caixa de correio de reclamações e sugestões é ao vivo e direta. É entre todos nós, o tempo todo, a toda hora. Não apenas estamos preparados para dar feedback, mas o fazemos de maneira franca e concreta. Se não for acionável, oportuno ou acompanhado de exemplos específicos, não estamos preparados para dar.


Isso significa que também precisamos fazer o exercício de apreciar o feedback que recebemos e colocá-lo em prática. Sempre há espaços e oportunidades de aprimoramento e, na Truora, o crescimento de nossos profissionais e da empresa é tão importante, que exibir esse valor é especialmente importante para a nossa cultura.


Perseverança (Grit)

Nosso quarto valor é para mim, o mais importante: perseverança, ou coragem, em inglês. Na Truora, enfrentamos problemas com coragem. Somos uma equipe resiliente para a qual nenhum obstáculo permanece grande. Estamos na busca contínua de obter resultados e, na adversidade, não abaixamos a cabeça.

Por que isso é tão importante? Muito fácil. Porque nada neste mundo é permanente. Amanhã pode haver outro concorrente, um governo que mude as regras do jogo, uma economia em colapso, um mercado saturado, uma moeda desvalorizada, outra tecnologia, qualquer coisa. Nada está escrito em pedra.


E ter uma atitude guerreira e otimista torna menos incômodos e difíceis os momentos difíceis e nos faz receber momentos de sucesso e felicidade, com gratidão e humildade.


Algo importante sobre a cultura em uma startup

Se você tiver sorte, sua startup crescerá na mesma velocidade que um beija-flor bate as asas. E esse crescimento será um xarope para atrair mais investidores, acalmar as ansiedades dos fundadores e de outros stakeholders da empresa. Mas, assim como é um remédio doce, tem um efeito colateral debilitante: pode colocar sua cultura em risco. É por isso que em inglês eles usam o termo growing pains, ou dores de crescimento.


Ser arbitrário na definição de comportamentos esperados em uma organização é um luxo que ninguém deve dar. Você tem que ser intencional. Caso contrário, se sua equipe se desintegrar porque a empresa mostra valores com os quais não concorda, porque não se sente identificada ou porque não foram reforçados e divulgados corretamente, pode não ser tarde demais para revertê-la, mas é muito difícil .


Não posso ser mais enfático quanto à importância da cultura organizacional. É por causa do orgulho que tenho da cultura  e do nosso Truniverso, que quis oferecer essa descrição de nossos valores. Minha lógica é a seguinte:

  1. Se temos nossos valores claros, podemos divulgá-los corretamente.
  2. Se alguém estiver interessado em fazer parte de nossa equipe, terá uma clara expectativa de como trabalhamos e não ficará surpreso.
  3. Por causa dos pontos 1 e 2, seremos astronautas mais felizes e comprometidos com nossa empresa.


Veja como eu sempre falo sobre "nós"? É porque sinto que sou parte de algo maior que eu, onde o trabalho em equipe está acima do trabalho individual. Faço isso tanto que já não percebo e desejo que todos vocês, lendo esta publicação, sintam como é especial fazer parte de uma equipe tão calorosa, enérgica e maravilhosa como a nossa.